12/03/2023 às 16h44min - Atualizada em 12/03/2023 às 16h44min

Vizinhos denunciam ameaças de falso policial em Santana de Parnaíba

Na casa do acusado, foram apreendidos coletes com inscrição da polícia e carteira falsa da Interpol.

Por: Ricardo Rodrigues Pazin - Metrópole Regional
Metrópole Regional
A foto usada por ele em uma rede social, que ilustra essa reportagem, mostra ele trajando um colete e um distintivo da polícia. Foto Reprodução
Estevão Domingos Santi Júnior, de 36 anos, é denunciado por vizinhos por ameaçá-los usando trajes das polícias Civil e Militar em um condomínio em Santana de Parnaíba.
 
O averiguado também usava uma carteira falsa da polícia internacional (Interpol) e adaptou seu carro com sinais luminosos e sonoros idênticos aos usados pelas forças de segurança, em veículos descaractetizados.


Uma vizinha e funcionários do condomínio denunciaram que Estevão costuma circular pelo loteamento ostentando acessórios alusivos das forças policiais, com os quais ameaçava as pessoas.

A foto usada por ele em uma rede social, que ilustra essa reportagem, mostra ele trajando um colete e um distintivo da polícia.
 
Em pesquisa feita com a Polícia Civil “restou comprovado que o representado não integra os quadros de tal instituição”, diz trecho de um mandado de busca e apreensão, assinado pelo juiz Fábio Martins Marsiglio, da Vara Criminal de Santana de Parnaíba. O Magistrado acrescenta que Estevão tampouco pertence ao efetivo da Polícia Militar.

Investigadores da Delegacia Seccional de Carapicuíba cumpriram o mandado de busca e apreensão, na manhã dessa sexta (10/3), na casa do falso policial, que estaria em viagem na Irlanda. A informação sobre sua ausência foi dada por familiares, que franquearam a entrada dos policiais no imóvel.

Na residência de Estevão foram apreendidos dois distintivos, uma algema, coletes e roupas com inscrições da polícia, uma carteira falsa da Interpol, munição calibre 9 milímetros, um carregador de pistola, além de uma algema. O carro dele, adaptado com sinais idênticos aos usados em viaturas, também foi apreendido.
 
A Polícia Civil da Grande São Paulo aguarda o retorno de Estevão ao Brasil, para que ele dê esclarecimentos sobre as denúncias de ameaça e também por manter em casa os itens das polícias.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://metropoleregional.com.br/.