14/03/2023 às 08h51min - Atualizada em 14/03/2023 às 08h51min

Polícia Federal e Polícia Rodoviária realizam ação conjunta em Cajamar

Operação Malta ocorre em São Paulo e visa reprimir crimes de roubo de caminhões e cargas nas rodovias do estado.

Da Redação - [email protected]
METRÓPOLE REGIONAL
Mandados de prisão estão sendo cumpridos em Cajamar. Foto: Divulgação PF

A Polícia Federal e a Polícia Rodoviária deflagraram na manhã desta terça-feira, 14/3, a Operação Malta, com o objetivo de prender pessoas envolvidas com crimes violentos de roubo de caminhões e cargas nas rodovias da região de Cajamar.

No total, 50 policiais federais e 35 policiais rodoviários dão cumprimento a 21 mandados judiciais, expedidos pela Primeira Vara Judicial Criminal da Comarca de Cajamar, sendo 13 mandados de prisão temporária e oito mandados de busca e apreensão nas cidades de Jundiaí e Jarinu, interior do estado de São Paulo.

A investigação iniciada em janeiro último na Delegacia de Polícia Federal em Campinas e conduzida pelo grupo especializado em roubo de cargas revelou que a associação criminosa é altamente especializada e ativa, tendo praticado sete roubos em um período de apenas 20 dias nas rodovias da região.

Utilizando de ameaça e violência, com emprego de armas de fogo, os criminosos mantinham os motoristas – e quem estivesse com eles, inclusive famílias – em privação de liberdade, obrigando-os à realização de transferências bancárias enquanto faziam o transbordo da carga e destinação dos veículos.

Sem preferência específica por carga e com uso de equipamentos eletrônicos, a associação criminosa rondava as rodovias por horas em busca de um alvo ou oportunidade, havendo indícios de que tenham praticado até quatro roubos em um só dia.

Os presos e os demais envolvidos que venham a ser identificados responderão, na medida de suas participações e sem prejuízo de outros crimes que venham a ser provados, por roubo e associação criminosa, cujas penas somadas podem ultrapassar 21 anos de prisão.

A Operação Malta – cujo nome significa bando de infratores – é resultado do investimento da Polícia Federal em especialização de um grupo que trabalha em conjunto com outras forças da Segurança Pública visando a desarticulação desse tipo de crime nas rodovias brasileiras. Em apenas um ano de trabalho, o grupo foi responsável por 87 prisões e recuperação de veículos roubados no valor aproximado de R$ 5 milhões.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://metropoleregional.com.br/.