05/04/2023 às 23h02min - Atualizada em 05/04/2023 às 23h02min

Danilo Joan cobra Sabesp na Arsesp por falta de cumprimento do contrato

Prefeito de Cajamar cobra respeito ao consumidor pela Enel e Sabesp.

Por: Ricardo Rodrigues Pazin - [email protected]
METRÓPOLE REGIONAL
Durante o encontro foram assinados termos de compromisso da Sabesp para o cumprimento das metas pactuadas em contrato como: tratamento de esgoto e falta de água. Foto: Reprodução
O Prefeito de Cajamar Danilo Joan (PSD) teve um encontro na última quarta-feira (05) na Agência Reguladora de Saneamento e Energia do Estado de São Paulo (ARSESP), apontando inúmeras reclamações e insatisfações contra a Sabesp, questionando principalmente a falta de água no municipio. O encontro ocorreu na sede da agência, na capital paulista, e contou com a presença do secretário de Infraestrutura e Serviços  Públicos, Raul Lopes, do vereador Marcelo do Gás (PP) e executivos da ARSESP e Sabesp. 

Há meses, o prefeito de Cajamar tem questionado o motivo do não cumprimento das cláusulas contratuais pela concessionária responsável pelo fornecimento de água e esgotamento sanitário. Durante divulgação do encontro, o chefe do Executivo disse ter conseguido antecipar obras previstas para acontecer em 2026. "Conseguimos antecipar obras que estavam previstas para 2026, e a Sabesp se comprometeu a apresentar um plano de ação imediato para solucionar todas as pendências em nosso município e no mês de maio a Arsesp fará uma fiscalização para certificar que o serviço está sendo executado de forma correta," afirmou o prefeito.

Danilo Joan disse que é inadmissível que uma empresa desse porte e com obrigação contratual de fazer melhorias no abastecimento de água e na implantação de tratamento de esgoto na cidade continue adiando a implantação do serviço, desrespeitando um contrato e prejudicando tantas pessoas. "É inadmissível esse descaso com nossa cidade. Vamos seguir acompanhando para que esses transtornos acabem o quanto antes. Já estamos agendando também uma reunião para tratarmos o descaso que a Enel tem com Cajamar," disse Joan em uma live transmitida em suas redes sociais. 

A ARSESP se prontificou a ter um atendimento de fiscalização mais intensa, principalmente no que tange a insatisfação da população de Cajamar, através do recebimento de suas reclamações tanto pelo site oficial quanto pelos apontamentos feitos pela fiscalização da Prefeitura de Cajamar.
 
 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://metropoleregional.com.br/.