24/04/2023 às 11h30min - Atualizada em 24/04/2023 às 11h30min

Cinco dias após enchente, Franco da Rocha ainda tem lama e desabrigados

Cidade ficou alagada depois de temporal na última quarta-feira (19/abril). Água invadiu avenidas, casas e prédios públicos;

Da Redação - [email protected]
METRÓPOLE REGIONAL
Estabelecimentos comerciais, uma escola estadual e um hospital também foram atingidos pelo alagamento entre a noite de terça e a madrugada desta quarta-feira (19). Foto: Divulgação/SECOM

Quase uma semana de enchentes, a cidade de Franco da Rocha ainda tem lama por várias ruas. Os alagamentos começaram na madrugada do dia 19 de abril, durante um temporal que atingiu a Grande São Paulo. A inundação prejudicou quem precisava chegar à região central da cidade e usar o transporte público. Caieiras também foi afetada.

Estabelecimentos comerciais, uma escola estadual e um hospital também foram atingidos pelo alagamento entre a noite de terça e a madrugada desta quarta-feira (19). Segundo a prefeitura, foram 116 mm de chuva nas últimas 24h, com 15 pessoas desabrigadas. A circulação na linha 7-rubi da CPTM chegou a ser interrompida no início da manhã entre Francisco Morato e Caieiras.


Problema de enchente é rotineiro 


Os problemas decorrentes das chuvas são frequentes na cidade de Franco da Rocha. No início do ano, um temporal provocou alagamentos na estação de trem e fechou ruas da cidade, que ficaram cobertas de lama. Na ocasião, após ser criticada pela demora no serviço de limpeza das vias, a gestão municipal chegou a ironizar "lamentando a própria incopetência". 

O município também acumula índices trágicos. Em fevereiro de 2022, 18 pessoas morreram em deslizamentos e desabamentos provocados por conta de fortes chuvas.



Lama


Após a chuva equipes da Prefeitura fizeram a limpeza nas regiões atingidas. Em uma das ações da Prefeitura, a lama que deveria ser removida do local, foi jogada nos bueiros da região central da cidade. Um morador flagrou a pratica na via e postou a foto nas redes sociais. 

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://metropoleregional.com.br/.