12/05/2023 às 12h08min - Atualizada em 12/05/2023 às 12h08min

Projeto de lei que institui o mês “Maio Laranja” em Cajamar é aprovado na Câmara Municipal

A ideia é ampliar no mês de maio, o uso da cor laranja, simbolizando a campanha em prédios públicos, avenidas e igrejas.

Da Redação - [email protected]
METRÓPOLE REGIONAL
A lei de autoria do vereador Adilson (foto) sugere a realização de atividades educativas e de valorização da vida. Foto: Reprodução/Metrópole Regional

Os vereadores aprovaram por unanimidade, na última quarta-feira (10/maio), durante a 7ª sessão ordinária, o projeto de lei de autoria do vereador Adilson Aparecido (Republicanos) que institui no Calendário Oficial de Eventos do Município de Cajamar, o mês “Maio Laranja” a ser comemorado anualmente como mês de prevenção ao abuso e à exploração sexual de crianças e adolescentes no âmbito do município de Cajamar.

A finalidade da lei é mobilizar o Município e todos os segmentos da sociedade com campanhas de mobilização, prevenção, conscientização, orientação e combate ao abuso e exploração sexual da criança e do adolescente. A lei sugere a realização de atividades educativas e de valorização da vida.  

De acordo com o autor do projeto, o objetivo é realizar ações que despertem a comunidade para as situações de violência vivenciadas por crianças e adolescentes, como violência doméstica, exploração e abuso sexual, prostituição, uso de drogas e pedofilia, visando garantir um ambiente de respeito e dignidade à condição peculiar da criança e do adolescente como pessoas em processo de desenvolvimento. “Com esta lei, temos que incentivar o protagonismo juvenil, orientar as famílias, conscientizar os pais de como se prevenir da pedofilia, implantar políticas públicas, programas e projetos relacionados ao assunto e, sobretudo debater sobre este tema nas escolas municipais com pais e alunos”, justifica o vereador Adilson.

A escolha da cor laranja foi motivada pelo estudo sobre o conceito da palavra “laranja”, que é utilizada para designar uma pessoa que é usada em benefício de outra, fato que se assemelha ao abuso e à exploração sexual praticado com crianças e adolescentes, as quais são usadas para satisfazer os desejos sexuais do outro. A ideia é ampliar no mês de maio, o uso da cor laranja, simbolizando a campanha em prédios públicos, avenidas e igrejas.

O projeto seguirá para avaliação do prefeito Danilo Joan (PSD) para sanção ou veto. 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://metropoleregional.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp