02/06/2023 às 16h48min - Atualizada em 02/06/2023 às 16h48min

Indicações do vereador Saulo sugerem aquisição de notebooks e continuidade do Auxílio digital para professor

As indicações defendidas por Saulo tem o objetivo de atender à necessidade dos professores de Cajamar.

Da Redação - [email protected]
METRÓPOLE REGIONAL
As indicações defendidas por Saulo (foto) tem o objetivo de atender à necessidade dos professores de Cajamar.
Com objetivo de investir e valorizar os profissionais da educação que atuam na Rede Municipal de Ensino de Cajamar, o vicepresidente da Câmara, o vereador Saulo (PSD), protocolou duas indicações que abrangem a área da Educação, solicitando a criação de um programa para aquisição de notebooks e a continuidade do Auxílio Digital para todos os professores da Rede Municipal, a fim de atender à necessidade dos professores de Cajamar.

A Indicação nº 612/2023, tem como objetivo principal o pedido de aparelhos de notebooks à todos os educadores municipais à fim de auxiliar os professores no desenvolvimento de suas atividades curriculares juntamente com seus alunos. Em sua justificativa, o vereador Saulo disse que no ano passado um requerimento foi apresentado com o pedido em questão, onde foram obtidas a resposta através do Memorando nº 261/ 2021, da Secretaria Municipal de Educação afirmando “Que todos os Professores da Rede Municipal estariam recebendo os notebooks. Apos oito meses da resposta da pasta, o vereador Saulo solicita, informações sobre qual o prazo previsto para entrega total dos aparelhos aos professores. “Hoje uma parcela de nossos educadores realizam as atividades curriculares com seus próprios equipamentos. Peço o apoio do Poder Executivo para que juntos possamos melhorar cada vez mais a qualidade de ensino aos nossos alunos” disse o vereador, Saulo.

Na Indicação n° 546/ 2023 de autoria do vice-presidente da Câmara, vereador Saulo (PSD), o parlamentar propôs ao prefeito Danilo Joan (PSD) a continuidade do pagamento do Auxílio Digital aos professores da Rede Municipal de Ensino de Cajamar.

Em sua justificativa, Saulo lembrou que concessão desse auxílio foi direcionada aos professores na época da pandemia, auxiliando os educadores nas atividades exercidas pela Secretaria Municipal de Educação. “Em 2021, durante o período pandêmico, os profissionais do Magistério da Rede Municipal de Cajamar, tiveram o auxílio digital concedido em folha de pagamento no valor de 50,00, através da Lei de nº 1851/ 21.

Isso porque, na ocasião, precisavam chegar até os alunos e suas famílias através da Plataforma Mais Educar e assim dar continuidade ao processo de ensino e aprendizagem, de forma assíncrona e síncrona. Para tanto, o auxílio digital foi uma forma de subsídio na aquisição do pacote de dados destes profissionais, garantindo assim a complementação dos seus gastos com internet, visto que parte deste trabalho passava a ser de uso profissional”, afirmou Saulo Saulo reforçou ainda que mesmo com o fim da pandemia os professores continuam tendo demandas com relação ao uso da Plataforma Mais Educar, uma vez que o controle de presença dos alunos, bem como a rotina do trabalho pedagógico do professor devem ser postados diariamente na referida plataforma, e por essa razão o parlamentar destacou a importância de retomar a referida legislação que dispõe sobre o auxílio digital.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://metropoleregional.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp