24/06/2023 às 10h56min - Atualizada em 24/06/2023 às 10h56min

Procurado por matar enfermeira em Francisco Morato é preso no Ceará

Suspeito matou a vítima com um tiro na cabeça por ela ter molhado ele e outras pessoas quando passou de carro pela poça.

Da Redação - [email protected]
METRÓPOLE REGIONAL
A profissional de enfermagem trabalhava na UPA de Francisco Morato. Foto: Reprodução
Um homem de 33 anos, foragido do estado de São Paulo por matar uma enfermeira a tiros durante uma discussão por causa uma poça d’água, foi preso na tarde desta sexta-feira (23), no município de Itapipoca, no interior do Ceará.
 
Conforme a Polícia Civil, o crime ocorreu em março deste ano, na cidade de Francisco Morato. Na ocasião, Paulo Júnior Carneiro Chaves matou Dayane Lisboa, de 32 anos, com um tiro na cabeça, após discutir com a vítima por ela ter molhado ele e outras pessoas quando passou de carro pelo local.
 
Paulo Júnior é natural do município cearense de Novo Oriente, mas estava residindo em São Paulo há alguns anos, de onde fugiu após o crime.
 
Prisão
 
A Polícia Civil de São Paulo (PCSP) deu início às investigações e identificou que o homem estaria escondido na região do litoral oeste do Ceará. Com a troca de informações entre a Delegacia de Polícia do Município de Francisco Morato e a Delegacia Regional de Itapipoca o suspeito foi localizado.
 
Paulo foi capturado na residência de familiares, na localidade de Raposa dos Trilhos, zona rural de Itapipoca. Após a prisão, o suspeito foi levado para a Delegacia Regional de Itapipoca. Contra ele, havia um mandado de prisão preventiva expedido pelo Tribunal de Justiça de São Paulo pelo crime de homicídio qualificado por motivo fútil.
 
Em seguida, o cerense foi encaminhado para uma unidade prisional e aguardará o processo de recambiamento para o estado de São Paulo, onde ficará à disposição da Justiça.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://metropoleregional.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp