16/07/2023 às 15h07min - Atualizada em 16/07/2023 às 15h07min

Alcaraz vence Djokovic em final épica e é campeão em Wimbledon

Espanhol começa mal, mas cresce diante de sérvio e conquista segundo título de Grand Slam, o primeiro na grama de Londres.

Henrique Esteves - [email protected]
METRÒPOLE REGIONAL
Reprodução/ Tenis Brasil
A tensão no rosto demorou a sumir. Ao entrar em quadra, Carlos Alcaraz, em sua primeira final em Wimbledon, se viu pequeno diante de um Novak Djokovic implacável. Aos poucos, porém, se soltou. Aquela passividade do início deu lugar ao ímpeto do grande nome da nova geração. Em uma virada espetacular, o espanhol, de 20 anos, se impôs em 4h42min para levar o seu primeiro título na grama de Londres, o segundo em um Grand Slam: 3 sets a 2, parciais 1/6, 7/6 (6), 6/1, 3/6 e 6/4.

Com o título, Alcaraz se garante no topo do ranking da ATP. O espanhol chegará a 9675 pontos na lista que será divulgada nesta segunda-feira. Assim, amplia a sua vantagem sobre Djokovic, segundo colocado.

Foi um jogo cheio de reviravoltas. Djokovic mandou Alcaraz às cordas com um início firme. O espanhol parecia não ter forças para reagir. Mas tinha. A partir dali se mostrou mais seguro. Primeiro, empatou o jogo com uma devolução perfeita no segundo set. Depois, superou um game de 26 minutos para devolver o 6/1 do primeiro set e passar à frente. Ainda viu o rival voltar ao jogo com um quarto set perfeito. No fim, porém, recuperou o fôlego para fechar uma final épica.

Djokovic mantinha uma invencibilidade histórica em Wimbledon. Foram 34 vitórias seguidas em Londres. Além disso, não perdia na quadra central há dez anos.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://metropoleregional.com.br/.