24/07/2023 às 14h12min - Atualizada em 24/07/2023 às 14h12min

Ary Borges faz 3 e Brasil estreia com goleada sobre o Panamá

O resultado faz a seleção brasileira largar na frente do Grupo F, com três pontos

Da Redação - [email protected]
METRÓPOLE REGIONAL
Ary Borges marcou três gols na sua estreia com a Seleção no Mundial e ainda deu a assistência para outro (Thais Magalhães/CBF)

A seleção brasileira feminina de futebol começou com goleada a sua trajetória na Copa do Mundo da Austrália e da Nova Zelândia, mantendo a escrita de sempre vencer na estreia em Mundiais. A equipe comandada pela treinadora sueca Pia Sundhage confirmou o favoritismo e bateu o Panamá por 4 a 0, nesta segunda-feira, com show de Ary Borges, autora de três gols. Bia Zaneratto também marcou para o Brasil.

O resultado faz o Brasil largar na frente do Grupo F, com três pontos. França e Jamaica, pela mesma chave, empataram nesta primeira rodada e estão com um ponto cada. O próximo compromisso das brasileiras será contra a seleção francesa, uma das candidatas ao título do Mundial, no sábado, às 7h (horário de Brasília), em Brisbane.
Favorita para a partida, a seleção pressionou desde os primeiros minutos diante do Panamá, e a dificuldade do adversário, estreante em Copas, em ficar com a bola fez o gol parecer apenas uma questão de tempo. O time de Pia Sundhage mostrou força pelo lado esquerdo, com jogadas individuais de Debinha e as escapadas em velocidade de Tamires. Aos 18 do primeiro tempo, Ary Borges recebeu ótimo cruzamento e cabeceou livre de marcação para fazer 1 a 0 para o Brasil.

O gol deu tranquilidade ao Brasil, que passou a valorizar a posse de bola e a definir as jogadas com mais precisão. O Panamá até tentava sair jogando, mas mal passou do meio-campo, onde Luana foi soberana nas interceptações, e a goleira Lelê foi mera espectadora. O lado esquerdo voltou a funcionar aos 38 minutos, quando Tamires invadiu a área e cruzou para Ary Borges cabecear e, no rebote, fazer o segundo.
A etapa final teve a mesma tônica do primeiro tempo, com o Brasil indo para cima e não dando chances ao Panamá. Logo aos três minutos, Ary Borges recebeu livre na grande área e só rolou para Bia Zaneratto fazer 3 a 0. Foi o primeiro gol da atacante em três Mundiais pela seleção. A jogada teve início novamente em boa trama de Tamires e Debinha, duas das melhores jogadoras na partida. O Panamá finalizou pela primeira vez somente aos 12, mas sem perigo.

O Brasil continuou com ampla posse de bola, ultrapassando a marca de 30 finalizações e mal vendo o Panamá se assanhar no jogo. A estrela de Ary Borges voltou a brilhar aos 24 minutos do segundo tempo. Novamente de cabeça, a meia fez o seu terceiro gol, ampliando o placar para 4 a 0.
 

A estreia em Copas do Mundo com um hat-trick fez a jogadora igualar Pretinha e Sissi (1999) e Cristiane (2019), as únicas a marcarem três gols no primeiro jogo de um Mundial. A meio-campista saiu ovacionada ao ser substituída por Marta, que, longe de suas melhores condições físicas, teve atuação discreta na reta final da partida.

FICHA TÉCNICA:

BRASIL 4 X 0 PANAMÁ

BRASIL - Lelê; Antonia (Bruninha), Lauren, Rafaelle e Tamires; Luana Bertolucci (Duda Sampaio), Ary Borges (Marta), Adriana e Kerolin; Debinha (Geyse) e Bia Zaneratto (Gabi Nunes). Técnica: Pia Sundhage.
 

CARTÃO AMARELO - Não houve.

ÁRBITRO - Cheryl Foster (GAL).

RENDA E PÚBLICO - Não divulgados.

LOCAL - Hindmarsh Stadium, em Adelaide, na Austrália.
 

PANAMÁ - Bailey; Castillo, Vargas (Montenegro), Pinzón, Baltrip-Reyes e Jaén (Natis); Quintero (Salazar), González, Cox (Lineth Cedño) e Mills (Emily Cedeño); Riley (Tanner). Técnico: Ignacio Quintana.

GOLS - Ary Borges, aos 18 e aos 38 minutos do primeiro tempo. Bia Zaneratto, aos 3, e Ary Borges, aos 24 minutos do segundo tempo.

 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://metropoleregional.com.br/.