13/08/2023 às 09h52min - Atualizada em 13/08/2023 às 09h52min

Última Hora: filhos ainda vão às compras neste domingo para o Dia dos Pais

No agitado domingo, 13 de agosto, tanto shoppings quanto lojas de rua devem sentir a movimentação dos consumidores .

Por: Ricardo Rodrigues Pazin - [email protected]
METRÓPOLE REGIONAL
Comércio de rua em Cajamar deverá receber consumidores que deixaram para última hora os presentes do Dia dos Pais. Foto: Ricardo Rodrigues Pazin
De acordo com informações da Associação Comercial e Empresarial de Cajamar (ACE), aproximadamente 10% dos filhos pretendem fazer suas compras no Dia dos Pais. No agitado domingo, 13 de agosto, tanto shoppings quanto lojas de rua devem sentir a movimentação dos consumidores que deixaram para comprar os presentes de última hora.
 
Roupas, calçados e acessórios continuam sendo os itens mais populares para presentear, representando 39,7% das intenções de compra. No entanto, esse número está abaixo dos níveis pré-pandemia, quando atingia entre 60% e 70%. Perfumes (28,7%), almoços em restaurantes (17%), canecas e relógios (10,3%) também aparecem como opções de presentes.
 
Por outro lado, produtos como livros (3,7%), chocolates/bombons (8,5%) e caixas de ferramentas (6,1%), que tiveram alta demanda durante o período de isolamento social, mostraram uma redução significativa nas intenções de compra.
 
A ACE revela ainda que a tendência de diminuição na compra de bens digitais continua, como celulares, computadores, notebooks e tablets, que representam 16,1% do total. Esse comportamento pode ser explicado pela queda no crescimento da renda, altas taxas de juros e elevado endividamento das famílias.
 
"Essa tendência reflete a deterioração do poder de compra das famílias, devido ao menor crescimento da renda, altas taxas de juros e alto grau de endividamento, em um cenário de concessão de crédito mais restrita", explica Reinado Santos, presidente da Associação Comercial e Empresarial de Cajamar. 
 
O Dia dos Pais deste ano parece trazer uma mistura de compras de última hora e mudanças nas preferências de presentes, conforme as circunstâncias econômicas continuam a moldar o comportamento do consumidor.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://metropoleregional.com.br/.