12/09/2023 às 15h56min - Atualizada em 12/09/2023 às 15h56min

Afegãos no Aeroporto de Guarulhos serão transferidos para Franco da Rocha

Grupo que estava na Praia Grande vai retornar para Guarulhos.

Da Redação - [email protected]
METRÓPOLE REGIONAL
serão disponibilidades 150 vagas em Franco da Rocha para os afegãos que estão no GRU Airport.
O Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome liberou nesta sexta-feira (8) o valor de R$ 15 milhões para apoiar o acolhimento de migrantes e refugiados afegãos que serão transferidos da Praia Grande e do Aeroporto Internacional de Guarulhos. Ao todo, 230 imigrantes serão beneficiados.
 

Serão disponibilidades 150 vagas em Franco da Rocha para os afegãos que estão no GRU Airport. Além disso, os refugiados que estavam no local e foram transferidos para a Praia Grande irão retornar para Guarulhos, mas para um abrigo para 80 pessoas.

“Liberamos nesta sexta, pelo Ministério do Desenvolvimento Social, o valor de R$ 15 milhões para o município de Guarulhos, para as despesas com acolhimento dos afegãos que estavam alojados no aeroporto e no município de Praia Grande, que agora serão acolhidos por Guarulhos. Dentro de procedimentos internacionais, em que brasileiros são acolhidos em situação especial em outros países, também no Brasil atendemos esses afegãos”, comentou o ministro Wellington Dias.

Em agenda realizada nesta semana em São Paulo e Guarulhos, representantes dos governos federal, estadual e municipais trataram sobre a implantação de vagas em unidades de acolhimento. O MDS foi representado pela coordenadora-geral do Serviço de Proteção em Situações de Calamidade Pública e Emergência, Cinthia Miranda, e pela chefe de Projeto para Migrantes e Refugiados, Bárbara Cravos.

Além do repasse de recursos para que estados e municípios possam acolher migrantes e refugiados, o ministério tem se mobilizado para inserção desse público no Cadastro Único. Assim, as pessoas em situação de vulnerabilidade podem ser atendidas por mais de 30 políticas públicas brasileiras, entre elas o Programa Bolsa Família, com transferência de renda. A pasta também presta apoio técnico ao estado e aos municípios da região.

O encontro entre os entes das três esferas governamentais tratou ainda sobre saúde, com a participação da OIM e do Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados. Foram abordadas questões como vigilância epidemiológica, fluxo da rede de assistência, gravidez, saúde mental e doenças, como a escabiose.

Os afegãos desembarcam no Aeroporto de Guarulhos, após fugirem do regime do Taleban, no Afeganistão, que desrespeita os direitos humanos.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://metropoleregional.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp