25/11/2022 às 21h55min - Atualizada em 25/11/2022 às 21h55min

Projeto de autoria de Flávio Comajo cria o Dia do Hip-Hop em Cajamar

Projeto tem como objetivo promover e comemorar este gênero musical, anualmente, no dia 12 de novembro com ações referentes ao tema.

Por: Ricardo Rodrigues Pazin - [email protected]
Metrópole Regional
O vereador Flávio Comajo, autor do projeto Dia do Hip-Hop, recebeu em seu gabinete artistas grafiteiros da cidade junto ao secretário de Comunicação e Eventos, Kauãn Berto. Foto: Divulgação
Sancionado pela Prefeitura de Cajamar em 2021, o projeto de lei 013/2021, de autoria do vereador Flávio Comajo (PP), instituiu o Dia do Hip-Hop que passou a ser oficialmente comemorado, no dia 12 de novembro.
 
Um ano após ser sancionado a prefeitura de Cajamar promoveu o primeiro evento do genero musical e cultural reunindo 16 grafiteiros que realizaram inumeras artes nas ruas de Jordanésia. Alem do artistas do grafite, o evento contou com uma estrutura com DJ e espaço de lazer. O vereador e autor do projeto, Flávio Comajo acompanhou de perto o evento manifestando apoio aos artistas convidados.
 
"O hip-hop vai muito além de apenas um ritmo, um estilo ou uma dança. O hip-hop é reconhecido como uma verdadeira manifestação cultural, por isso é de suma importância promover essa cultura. É preciso valorizar essa cultura que tem tanta história. A ideia é que no dia instituído sejam realizadas diversas ações referentes ao hip-hop, levando em consideração que o mesmo possui quatro pilares essenciais: o rap, o DJing, breakdance e o grafite”, explicou Flávio Comajo.
 
Um dos artistas convidados e integrante do projeto "Educa Grafite", falou da importância do hip hop para a educação e dos temas inseridos aos artistas que produziram suas artes de acordo com suas próprias impressões artísticas, conhecimentos e mentalidades. “Com isso, tivemos um painel homenageando Paulo Freire, um grande educador brasileiro. Também foi produzido um painel que demonstrou a questão da formação de um jovem da periferia, produzido pelo grafiteiro Esquilo, que pôde muito bem expressar isso. Tivemos ainda uma homenagem ao Einstein, um grande cientista, pensador e articulador da educação, produzido pelo grafiteiro e artista Del. Entre os vários trabalhos, pudemos ver as expressões dos artistas voltadas para o lado educacional”, explica.
 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://metropoleregional.com.br/.