25/08/2022 às 15h49min - Atualizada em 25/08/2022 às 15h49min

Polícia Civil apreende aparelhos com pornografia infantil; suspeito tem 17 anos

Jovem é morador de um condomínio de alto padrão na cidade de Santana do Parnaíba, também no estado de São Paulo. Na internet, ele se passava por uma adolescente do sexo feminino para enganar e obter conteúdos eróticos de menores de idade

Itens apreendidos (Divulgação/Polícia Civil de Ilhabela)

A Polícia Civil de Ilhabela apreendeu um notebook e um celular com arquivos de pornografia infantil, na última terça-feira (23), em um condomínio de luxo do município de Santana do Parnaíba . A investigação aponta um adolescente de 17 anos como o principal suspeito de armazenar e compartilhar o conteúdo.

Segundo informações preliminares, o caso começou a ser apurado pelas autoridades do município litorâneo após uma série de denúncias apontarem que uma criança ilhabelense teve fotos íntimas vazadas e espalhadas em redes sociais.

A investigação conseguiu, após um período de tempo não informado, identificar um indivíduo que estava compartilhando o conteúdo ilegal. Dessa forma, um mandado de busca domiciliar foi despachado à Polícia Civil, que logo se encaminhou à residência do suspeito, localizada em um condomínio de alto padrão na cidade de Santana do Parnaíba.

O possível infrator em questão era um adolescente de 17 anos. Com ele, foram localizados um notebook e um celular com diversas fotos pornográficas de menores de idade. O material foi inteiramente apreendido.

Em depoimento às autoridades, o menino confessou que se passava por uma jovem garota, em jogos eletrônicos onde há bastante contato entre os jogadores, para seduzir e enganar terceiros, que acabavam por lhe encaminhar fotos e vídeos eróticos.

Recomendações

À imprensa, a Polícia Civil alertou para que pais e responsáveis sejam mais atentos àquilo que os adolescentes consomem e armazenam em seus aparelhos eletrônicos.

"Medidas como visualizar o histórico de navegação, histórico de chamadas e galeria de fotos podem evitar maiores problemas", apontou.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://metropoleregional.com.br/.