08/01/2023 às 19h46min - Atualizada em 08/01/2023 às 19h46min

Steelers sonham, fazem sua parte, mas mesmo vencendo ficam de fora dos playoffs

Time precisava vencer e torcer para os Jets. O triunfo próprio veio, mas a vaga nos playoffs acaba escorrendo pelos dedos

Henrique Esteves - [email protected]
METRÒPOLE REGIONAL
Reprodução
O que podia fazer o Pittsburgh Steelers fez. O time precisava vencer o Cleveland Browns, em casa, neste domingo (08). A primeira parte veio com o triunfo por 28 a 14, num jogo que se desenrolou de fato para os anfitriões principalmente no segundo tempo. Contudo, para chegar aos playoffs, a equipe precisava de uma vitória dos Jets contra os Dolphins, o que não ocorreu e resultou na eliminação do time.
 

Kenny Pickett terminou o duelo com 13 passes certos em 29 tentativas. Acumulou um total de 195 jardas e lançou um touchdown. Najee Harris carregou a bola 23 vezes para 84 jardas e um TD. Quem também correu até a área pintada uma vez foi Derek Watt. Pelo ar, George Pickens fez três recepções para 72 jardas e um touchdown.

Pelos Browns, Deshaun Watson lançou 230 jardas em 19 passes no alvo. O quarterback conseguiu dois touchdowns pelo ar, porém com duas interceptações. Nick Chubb acumulou 77 jardas terrestres, além de 45 pelo ar, com um touchdown recebido. David Njoku conseguiu quatro recepções, para 42 jardas e um outro touchdown.

O confronto começou com um punt por parte de Cleveland. Com a posse de bola, Pitt foi com tudo para conseguir assumir a dianteira cedo, sonhando com a pós temporada. Ao chegar na linha de um do ataque, tentou o touchdown com Harris pulando sobre a linha. O resultado foi pior que o esperado. O running back sofreu um tackle no ar e soltou a bola recuperada pelos Browns. Sorte que não resultou em nada.

O placar só foi mexido no segundo quarto. E quem abriu o placar foram os visitantes. Play action de Watson e bola perfeita para Njoku, já quase na end zone, 10 jardas depois, abrir a contagem, 07 a 00. A resposta foi rápida e mortal. Pickett encontrou linda bola pelo meio, de 31 jardas, entre os números de Pickens que recebeu fácil e empatou o jogo em 07 a 07, com 01:47 para o intervalo.

De volta com a bola, Cleveland queria devolver na mesma moeda. Watson tentou bola longa, buscando o range do field goal, mas foi interceptado com tranquilidade por Levi Wallace. Novamente com a posse, os Steelers viraram o jogo com um chute de 49 jardas de Chris Boswell, 10 a 07 no final da etapa inicial.


 

No retorno dos vestiários, Boswell voltou no mesmo ritmo. Logo no drive de abertura, field goal perfeito de 34 jardas para ampliar a contagem para 13 a 07. E para alegria de Pittsburgh, ao menos no jogo do dia, seguiu forte. Watson dessa vez tentou um passe rápido, mas foi lido de forma perfeita por Damontae Kazee para nova interceptação.

Só que se no outro turnover a punição foi apenas num field goal, agora as coisas mudaram de figura. Para resolver a partida, os Steelers começaram já da linha de 25 do campo de ataque. Alguns snaps depois, numa segunda para o touchdown, bola nas mãos de Harris. O RB foi pelo meio, deu um drible curto e quatro jardas depois, 20 a 07 para os donos da casa.

Cleveland até tentou alguma reação. No começo do último quarto, Watson passou para Chubb, duas jardas, touchdown e diminuiu a contagem para 20 a 14. Só que para evitar sofrimentos, Watt correu uma jardas, Pickett conseguiu a conversão e o confronto terminou sem sustos para os donos da casa em 28 a 14.

O Pittsburgh Steelers termina o ano com campanha positiva (9-8) no terceiro lugar da AFC Norte, porém sem chegar aos playoffs. Já o Cleveland Browns encerra a temporada com um recorde negativo (7-10) e amargando a quarta colocação da mesma divisão.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://metropoleregional.com.br/.