04/03/2023 às 14h19min - Atualizada em 04/03/2023 às 14h19min

Impostos de pedágios rendem R$ 14 milhões à região

Repasse é feito pela CCR AutoBAn para cidades cortadas por rodovias com cobrança.

Ricardo Rodrigues Pazin - Metrópole Economia
Reportagem
Pedágio na altura de Perus na divisa dos municípios de Cajamar e São Paulo. Foto: Arquivo/Metrópole Regional
A região de Cajamar recebeu, em 2022, R$ 14,8 milhões em repasses do ISSQN (Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza) sobre pedágio.

O valor foi divulgado nesta sexta-feira pela CCR AutoBAn, que administra o sistema Anhanguera-Bandeirantes e transfere o valor aos municípios cortados pelas rodovias pedagiadas.
 
Na região, o maior repasse foi para Cajamar, que recebeu R$ 9,5 milhões provenientes do imposto. Em seguida estão Caieiras, com R$ 3,8 milhões; e, Franco da Rocha, com R$ 1,5 milhão.
 
“São recursos representativos para as cidades, pois contribuem para que as administrações possam investir em melhorias, desenvolvimento e qualidade de vida”, afirmou o diretor da CCR Rodovias, Eduardo Camargo.
 
Confira abaixo os valores destinados em 2022: 
 
Município - Valor repassado
 
• AmericanaR$ 4,7 milhões

Caieiras R$ 3,8 milhões

 
Cajamar R$ 9,5 milhões
 
• Campinas R$ 22,8 milhões
 
• Cordeirópolis R$ 6,4 milhões
 
Franco da Rocha R$ 1,5 milhão
 
• Hortolândia R$ 3,2 milhões

• Itupeva R$ 4,1 milhões

• Jundiaí R$ 22,5 milhões

• Limeira R$ 21,8 milhões

• Louveira R$ 1,7 milhão

• Nova Odessa R$ 1,8 milhão

• Osasco R$ 2 milhões

• Santa Bárbara D'Oeste R$ 7 milhões

• São Paulo R$ 12,5 milhões

• Sumaré R$ 10,4 milhões

• Valinhos R$ 2,7 milhões

• Vinhedo R$ 3,7 milhões

Total R$ 143 milhões

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://metropoleregional.com.br/.