08/03/2023 às 00h34min - Atualizada em 08/03/2023 às 00h34min

Vereador pede revogação de área doada para Conselho Regional de Engenharia e Associação

Vereador Pretinho (MDB) é o autor do projeto de lei que propõe a anulação da doação do terreno público, onde estava prevista a construção da Casa da Engenharia local.

Da Redação - [email protected]
METRÓPOLE REGIONAL
A doação do terreno público, foi firmado em 2015, pelo então, prefeito interino, Marcos Roberto Carvalho Lima (foto)
Uma área doada pela prefeitura de Cajamar no ano de 2015, destinada para a construção da futura sede da Associação de Engenheiros e Arquitetos de Cajamar (AEAC), na rua das Camélias, 119, no bairro dos Portais no loetamento Portal dos Ipês II, poderá voltar para o município, caso a Câmara aprove Projeto de Lei 29/2023, de autoria do vereador Edivilson Leme, o Pretinho (MDB). O vereador está propondo a revogação da doação da área, onde estava prevista a construção da Casa da Engenharia local.

A doação do terreno público, foi firmado em 2015, pelo então, prefeito interino, Marcos Roberto Carvalho Lima (foto). Na época, o prefeito em exercício, comandava a prefeitura, após assumir a presidência da Câmara em uma turbulência eleição para o comando do Legislativo municipal. O período foi marcado por uma das maiores crises políticas da história de Cajamar, com a troca de 13 prefeitos. Em 17 junho de 2016, a prefeita eleita, Paula Ribas (PSB), vereadores e demais autoridades realizaram uma cerimônia oficial de lançamento da pedra fundamental da edificação destinada a Casa da Engenharia. 




Em março de 2015, o prefeito interino apresentou ao Presidente do CREA-SP, que na época era presidido pelo engenheiro Francisco Kurimori, o Projeto de Lei que oficializava a doação do terreno público para associação. No dia 25 de março de 2015, a Federação das Associações de Engenharia, Arquitetura e Agronomia do Estado de São Paulo (FAEASP) divulgou uma nota oficializando a doação do terreno para entidade anunciando a construção da Casa da Engenharia local.

Em entrevista ao Metrópole Regional, o vereador Pretinho, disse que o município não pode admitir que terrenos públicos doados para interesses coletivos sejam depois revertidos como patrimônio privado. O Projeto de Lei seguirá para leitura nesta quarta-feira (8) em sessão ordinária na sede da Câmara Municipal de Cajamar. A Associação de Engenheiros e Arquitetos de Cajamar, que é presidida pelo engenheiro civil, João Batista Misse Jr, ainda não se manifestou sobre o pedido de revogação.  


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://metropoleregional.com.br/.